sexta-feira, 5 de março de 2010

Era tma vez na tv (Uma Rosa com amor 1 versão 1972 a 1973)

O amor esrava no ar no começo da decada de 70,
a novela "uma Rosa com amor" foi um grande sucesso da rede Globo no horario da 19 horas.
Exibida  entre 18 de outubro de 1972 e 3 de julho de 1973 a novela teve 220 capítulos escrita por Vicente Sesso, dirigida por Walter Campos e supervisionada por Daniel Filho.
história girava em torno de Serafina Rosa Petrone (Marília Pêra), moça solteira, moradora de um cortiço, romântica e atrapalhadamente divertida, que era dominada pelos pais italianos, Giovane (Felipe Carone) e Amália (Lélia Abramo). Todos os dias, ela comprava uma rosa para si mesma e pedia à floricultura que a enviasse ao escritório onde trabalhava como secretária.




Para resolver sua situação ilegal no país, Claude Antoine Geraldi (Paulo Goulart), que era seu chefe no escritório, propôs a Rosa um casamento fictício. Então, um passou a preencher as necessidades do outro através de um casamento com data de expiração. Serafina topou, pois o dinheiro que iria receber poderia impedir a demolição do cortiço onde morava sua família e seus amigos. Mas como em toda boa novela romântica, os dois acabaram se apaixonando, apesar dos esforços da arrogante Madame Nara Paranhos de Vasconcelos (Yoná Magalhães), que fez de tudo para atrapalhar os planos dos apaixonados. Rosa contava apenas com o apóio da irmã Terezinha (Nívea Maria) e do velho Pimpinoni (Grande Otelo, em inesquecível interpretação), que com suas marionetes contava histórias da vida e saudava a amiga com um carinhoso bordão: “Buona sera, Serafina!”.



Também na história, a atriz Roberta Vermont (Tônia Carrero), vivia um amor mais jovem com Sérgio (Marcos Paulo ), ajudada pela amiga Alabá (Jacyra Silva).
 O rapaz escondia de todos que era filho da costureira Joana (Vanda Lacerda), que morava no cortiço.
O texto narrado na apresentação das cenas do próximo capítulo (prática comum na época) era: “Na procura, no encontro, num sonho, ou de repente... É sempre hora de se dar uma rosa com amor!”.
 Na trama também estavam Eleonor Bruno, Roberto Pirilo, Henriqueta Brieba, Monah Delacy, Leonardo Vilar, Ary Fontoura, Aurimar Rocha, e Rosita Tomaz Lopes, entre outros.
Autalmente o SBT exibe o Remake dessa Novela  é escrita por Tiago Santiago e inspirada na obra de Vicente Sesso com a colaboração de Renata Dias Gomes e Miguel Paiva.
 Com Carla Marins e Claudio Lins como protagonistas,

Nenhum comentário: