domingo, 3 de agosto de 2008

Era uma vez na tv "Anastácia, a mulher sem destino" tv globo 1967



Hoje vamos falar de uma novela da tv globo dos anos 60 a novela "Anastácia, a mulher sem destino".
A globo comtinuava com as novela de época a artiz Lelia Diniz foi a artiz principal dessa novela foi tudo bem dessa novela até pra salvar ,esta novela Glória Magadan convoca uma novelista da rádio, com alguns trabalhos feitos para a televisão, a pouco conhecida Janete Clair. Dona de uma imaginação fértil e romântica, a jovem autora faz a sua estréia na Globo de forma antológica: cria um terremoto que mata quase todo o elenco da novela, restando apenas quatro personagens. Na confusão mata por descuido, a personagem que trazia o grande segredo da trama. Cria novos personagens e reescreve a história. Assim, com um grande terremoto, estréia na Globo, aquela que seria a grande responsável pela consolidação do gênero da telenovela na emissora.
Só restam apenas 4 atores . Henrique Matins. Enio Santos. Mirian Pires e Leila diniz que alem de fazer o papel original tambem fez a filha dela.
Esta novela teve 125 capítulos e ficou no ar de 28 de junho a 16 de dezenbro de 1967 as 21:00H
pela tv globo (que na epoca era o canal 4 no Rio e em São Paulo na tv paulista canal 5)
Não foi um sucesso mas Janete Clair garantiu a permanência da rede globo onde ficou a o fim da sua vida.

2 comentários:

Marilda disse...

Boa tarde,gostaria de ver uma cena,em que Leila Diniz corre na praia gritando o nome de Hanri,tenho muita saudade,(video show)

Daniela Del Monte disse...

Alguém saberia me dizer qual era a canção de abertura dessa novela? Obrigada